FAQ
 

Como faço para obter informações a respeito do Plano de Saúde?

Aqui no site, você pode obter diversas informações a respeito do PAS/Serpro. No site do PAS/Serpro estão publicadas, a rede de prestadores, as tabelas de valores, os regulamentos, as informações financeiras disponíveis, dentre outros. Caso ocorra necessidade de acesso a informações distintas das divulgadas no site, o canal para recorrência é o OLGP.

Caso necessite consultar um prestador na Rede Credenciada ou Conveniada, onde devo procurar?

Para consultar a Rede Credenciada ou Conveniada basta acessar: http://www.passerpro.com.br ou entrar em contato com a Central de Atendimento da Rede Credenciada - 0800 770 0441 e a Central de Atendimento da Rede Conveniada 0800 729 0080.

Como faço para acessar o Portal do Beneficiário? Quais informações consigo acessar no Portal?

O acesso ao Portal do Beneficiário é feito por meio do site do PAS/Serpro. Para entrar no Portal é necessário criar um acesso, para isso você precisa do número da carteirinha, CPF, data de nascimento e e-mail. Após o preenchimento desses dados será encaminhada uma senha ao e-mail informado.

No portal o beneficiário, você terá acesso aos extratos de utilização, histórico de reembolsos, dados cadastrais e ainda poderá solicitar a 2ª via da Carteirinha. O acesso é individualizado para manter o sigilo das informações médicas e pessoais de cada beneficiário, portanto o titular e os dependentes devem ter, para cada um, o seu acesso único, pessoal e intransferível.

Moro no interior e ainda não há Rede Credenciada em atendimento. Como faço?

O processo de credenciamento dos profissionais de saúde teve início nas capitais onde existem regionais. Para credenciamento em cidades distintas dessas, o Serpro está buscando a melhor forma de operacionalização, seguindo critérios específicos do setor de saúde suplementar, como por exemplo, estudos para formação de rede segmentando as localidades por níveis de utilização/número de beneficiários. Enquanto isso, o atendimento permanece normal por meio da Rede Conveniada. Todavia, as sugestões de credenciamento podem ser efetuadas por meio do Portal do PAS/Serpro.
Reembolso

Se eu precisar utilizar alguma especialidade médica que ainda não esteja na Rede Credenciada ou Conveniada, como devo proceder?

- Na localidade de Brasília/DF:
a. Para os procedimentos constantes do Rol de Procedimentos Obrigatórios da ANS, que ainda não figuram entre as especialidades contratadas da rede de prestadores do PAS/Serpro, o reembolso será integral.

a.1. Se a especialidade constar da rede de prestadores do PAS/Serpro e o empregado optar por utilizar o médico de sua escolha e este não estiver credenciado, nesse caso, haverá reembolso de acordo com a tabela do PAS/Serpro na modalidade Livre Escolha.

Para os casos em que o prestador credenciado na rede do PAS/Serpro alegue não atender o plano ou atenda parcialmente, ou seja, não executando procedimentos específicos, dirija-se ao OLGP mais próximo e o informe sobre o ocorrido, antes de realizar o procedimento.

Fique atento às regras para a solicitação de Reembolso. No site do PAS/Serpro estão disponíveis a lista de documentos necessários e o formulário de solicitação. Alertamos que as solicitações de Reembolso com documentação incompletas poderão ter seu processamento interrompido por necessidade de complementação.

- Nas demais localidades:
a. Para os procedimentos constantes do Rol de Procedimentos da ANS, que ainda não figuram entre as especialidades contratadas da rede de prestadores do PAS/Serpro ou da rede conveniada CASSI, os beneficiários serão reembolsados integralmente.

a.1. Se a especialidade estiver contratada na rede Credenciada ou por meio da Rede Conveniada e o beneficiário optar por utilizar o médico de sua escolha, não credenciado ou não conveniado, haverá reembolso de acordo com a tabela do PAS/Serpro.

Para os casos em que o prestador Credenciado ou Conveniado alegue não atender o plano ou atenda parcialmente, ou seja, não executando procedimentos específicos, dirija-se ao OLGP mais próximo e o informe sobre o ocorrido, antes de realizar o procedimento.

Fique atento às regras para a solicitação de Reembolso. No site do PAS/Serpro estão disponíveis a lista de documentos necessários e o formulário de solicitação. Alertamos que as solicitações de Reembolso com documentação incompletas poderão ter seu processamento interrompido por necessidade de complementação.

Quanto tempo tenho para solicitar um reembolso?

O reembolso deverá ser solicitado em até 90 dias corridos, contados a partir da data do recibo ou da nota fiscal de pagamento.
Atendimento

Fiz uma consulta pela Rede Credenciada e precisei voltar ao médico. Posso ser novamente cobrado? Qual o prazo de retorno?

O prazo de retorno ao médico é de 30 (trinta) dias, mas, por definição contratual entre o Serpro e cada um dos prestadores credenciados, este prazo pode ser reduzido. Os termos de credenciamento de todos os prestadores da nossa rede estão publicados no Processo Verde.

Preciso realizar um procedimento que necessita de autorização prévia, como fazer?

As consultas médicas realizadas em consultórios, ambulatórios ou prontos-socorros não exigem autorização prévia. Em caso de necessidade de procedimentos sujeitos a um pedido de autorização prévia, este será realizado pelo próprio prestador (estabelecimento ou profissional).

Caso esqueça a carteirinha do PAS/SERPRO ou Cassi, posso ficar sem atendimento?

Não. Contratualmente o prestador não poderá deixar de atender ao beneficiário, porém, o mesmo deverá apresentar documento de identificação com foto. O prestador poderá, também, entrar em contato com a Central de Atendimento e solicitar o número da carteirinha.
Grupo II

Vou me desligar do Serpro. Como fica minha opção pelo Plano de Saúde?

Caso você já seja aposentado pela Previdência e peça para se desligar da empresa ou no caso de ser dispensado sem justa causa, você terá 30 dias, a contar da data do desligamento, para fazer a opção de permanência ou não no plano de saúde.

Em outras possibilidades de desligamento (dispensa por justa causa e pedido de demissão), não há previsão legal para permanência no plano de saúde.

Se eu já for aposentado(a) pela Previdência, pedir para me desligar da Empresa e desejar continuar no PAS/Serpro, por quanto tempo tenho direito de permanecer no plano?

Se houver contribuído para o Plano de Saúde por 10 anos ou mais, poderá permanecer no plano por prazo indefinido. Porém, se a contribuição for por menos de 10 anos, poderá permanecer no plano à razão de 1 ano para cada ano de contribuição.

A mesma regra de tempo de permanência vale para quem estiver sendo beneficiado pelo Módulo Incentivo do APA?

As regras do APA são definidas a cada edital, portanto, o tempo de participação da empresa nas mensalidades do Plano de Saúde pode ser alterado nos próximos editais.

Se eu for dispensado pela empresa sem justa causa, não for aposentado e desejar continuar no PAS/Serpro, por quanto tempo tenho direito de permanecer no plano?

Você permanecerá no plano por 1/3 do tempo em que tiver contribuído para o plano de saúde. Esse tempo de permanência será de, no mínimo, 6 meses (quando esse 1/3 do tempo for menor ou igual a 6 meses) e, no máximo, 24 meses, desde que assuma o pagamento integral da mensalidade (que não mais terá participação do Serpro).

E sobre a contagem do tempo de contribuição, tem que ser corrida ou pode ser intercalada?

Para fins de tempo de contribuição com o PAS/Serpro, a contagem pode ser corrida ou a soma dos períodos intercalados. É importante salientar que somente são contados os períodos de contribuição como titular do plano.

Quer dizer então que, se eu, empregado(a) Serpro, sou beneficiário(a) do plano na condição de dependente, esse tempo de contribuição não é contado?

Exato. O tempo em que houver contribuído como dependente é desconsiderado para fins de contagem para a permanência no PAS/Serpro.

E enquanto eu permanecer no Plano, meus dependentes também continuarão no PAS/Serpro?

Não necessariamente. As regras de perda da condição de dependente são determinadas pelo regulamento: se o grau de parentesco for de filiação, a perda da condição está atrelada à idade limite, à renda própria ou ao casamento; se o grau de parentesco é conjugal, a perda ocorre com divórcio/separação do(a) cônjuge/companheiro(a).

E enquanto eu permanecer no Plano, posso incluir outros dependentes?

Sim. Depois de migrar para o grupo II, você pode incluir novos dependentes (novos filhos e/ou novos cônjuges). É importante salientar que não são passíveis de reinclusão os dependentes que já tenham passado por algum processo de exclusão (ou tenham perdido a condição de dependência conforme regulamento), a qualquer tempo (antes ou depois da migração do titular para o grupo II).

E após me desligar, se não mais terei vínculo com a folha de pagamento, como farei para pagar a mensalidade do Plano?

A mensalidade poderá ser paga por meio do desconto do SERPROS (quando houver margem consignável suficiente) ou boleto bancário, a ser enviado para seu endereço, que tem de estar sempre atualizado.
Termo de Responsabilidade de Contas médicas

Precisei fazer uma cirurgia e o hospital só libera a cirurgia se eu assinar um Termo de Responsabilidade por despesas hospitalares. O que devo fazer?

O beneficiário não é obrigado a assinar o Termo de Responsabilidade sobre as despesas hospitalares e tem o direito de conhecer o que assina e de questionar o que não concorda ou entende. A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) já se posicionou contrariamente a essa prática. A operadora, ao autorizar o procedimento e os materiais, está procedendo conforme prevê o termo de credenciamento firmado entre as partes e conforme a regulação médica para o caso em pauta. Portanto, o prestador também deve proceder de acordo com o termo firmado, sendo as questões de contas médicas remetidas à operadora para faturamento de acordo com os critérios regulatórios especificados para cada caso.